Minha foto
Camaquã, Rio Grande do Sul, Brazil

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

S10E20

Rachel: Eu te amo, sim!
Ross: Eu te amo também, e nunca vou deixá-la ir embora de novo!
Rachel: Porque é assim que eu quero ficar! Não quero estragar isso de novo.
Ross: Nem eu. Chega de fazer idiotices.
Rachel: Você e eu... certo? Só isso.
Ross: Só isso.

Eu te amo.

Rachel: Ross. Oi. Sou eu. Acabei de entrar no avião. E me sinto horrível. Não era assim que queria que as coisas terminassem. Estou dizendo que, não esperava ver você, e de repente você aparece falando essas coisas... Agora estou aqui, pensando em todas as coisas que deveria ter dito e não disse. Eu nem disse que te amo também. Porque é claro que amo. Eu te amo. Eu te amo. Eu te amo! O que estou fazendo? Eu te amo! Tenho que te ver. Tenho que sair desse avião!
- Ei moça, eu preciso sair desse avião. Preciso dizer a alguém que eu o amo.

Ross: Meu Deus! Ela saiu do avião?
Rachel: Eu saí do avião.

Ela fará você dançar na chuva.

Ela fará você sorrir das coisas mais idiotas. Ela fará com que você queira sempre mais. Ela fará com que o tempo voe ao seu lado. Ela fará com que você durma com aquele sorriso bobo. Ela fará você acreditar. Acreditar que é possível ser feliz. Com ela.
(Isabela Freitas)

Se fosse de verdade

não te virava as costas. Se fosse de verdade não te trocava por ninguém. Se fosse de verdade não seria necessário tantas mentiras. Se fosse de verdade não existiriam lágrimas. Se fosse de verdade não existiriam memórias. Se fosse de verdade não existiria saudade... Porque ele ainda estaria do seu lado.
(Isabela Freitas)

Ninguém disse que seria fácil.

Mas também ninguém disse que seria impossível. Viver acreditando até o fim que um dia vai dar certo, ah vai. Errar, se decepcionar, cair, levantar. Tudo isso faz parte desse incrível jogo que se chama vida. O segredo não é seguir as regras, e sim quebrá-las. Viva como se fosse seu último dia. Faça o que te der vontade. Dê um sorriso pra quem não gosta de você. Peça desculpas pra aquela pessoa que você sente saudade. Ame com intensidade. Sem medo. Não vai ser fácil. Mas não será impossível.
(Isabela Freitas)

Não é muito difícil entender os homens.

Passou uma mulher, eles olham pra bunda. A gente fala que não quer relacionamento sério, eles querem namorar. Eles podem sair com os amigos sozinhos, a gente não. Eles não gostam de mulher que liga o dia inteiro, mas se ela não liga eles se sentem inseguros. Acham que estão sempre por cima até o momento que encontram uma mulher que os esnoba. Pronto. Apaixonaram.
(Isabela Freitas)

Sabe aquela garota

que há duas semanas atrás estava chorando e correndo atrás do ex namorado? Essa garota se cansou, jogou tudo pro ar e resolveu viver a vidinha dela. Foi ao shopping, comprou um vestido bem coladinho, um salto 15 (que dói mais quando pisar em alguém) e um perfume pra matar qualquer um. Ligou pras amigas e se jogou na balada. Bebeu todas, conheceu um monte de garotos novos, fez o que quis, disse o que sempre teve vontade e pela primeira vez foi ela mesma. Pela primeira vez não se preocupou com o que ele ia pensar. Não se preocupou com o que ninguém ia pensar! Chegou em casa e dormiu sem se lembrar dele pela primeira vez. E é aí que começa o desapego. Essa garota parou de entrar compulsivamente nas redes sociais dele, parou de mandar SMS todos os dias pra saber como ele estava, parou de ligar pra ele no meio da madrugada... Ela simplesmente parou de se importar. Porque a única pessoa que importava nesse momento, era ela mesma.
Sabe aquela garota que há duas semanas atrás estava chorando e correndo atrás do ex namorado? Essa garota não existe mais. Ela virou uma mulher que tem amor próprio acima de tudo, que pensa nela antes de todos.
E sabe aquele garoto que fugia da ex namorada e dizia para todos que não aguentava mais aquela louca chata atrás dele? Ele percebeu a mulher que perdeu e agora tá correndo atrás.
Alguém avisa que é tarde demais?

(Isabela Freitas)

Ela: Qual a primeira coisa que você repara em uma menina?

Ele: Que ela não é você.

Tenho um coração gelado

que cansou de se esquentar por pessoas erradas.
(Isabela Freitas)

Ela não vai te cobrar nada.

Não vai te ligar o dia inteiro. Não vai dar ataques de ciúme. Não vai achar ruim se você tiver amigas. Não vai ligar se você for pra balada sozinho. Não vai perguntar se você a ama. Mulher perfeita? Não. Mulher que não gosta de você.
(Isabela Freitas)

Quer saber um segredo?

Fingir que não tenho coração é a melhor forma de não me machucar. Mas quer saber? Ele tá aqui. Só tá cansado.
(Isabela Freitas)

terça-feira, 18 de outubro de 2011

"Só os afetos

é que compensam a gente viver uma vida inteira sem saber de onde viemos e para onde vamos."

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

"Sabe essa garota que tá dançando

lá na pista e você tá babando por ela, amigo? Minha ex namorada. Faz uns três meses que eu terminei com ela. Eu a traí todos os dias. E quando ela dizia que me amava eu ria. Sabe essas roupas coladas e esse cabelo pro lado que ela tá usando aí? Ela costumava usar uma camiseta rosa e um shorts, com o cabelo preso pra trás. Mas ela não conseguia ficar feia, eu só não......... sei porque nunca a disse isso. Ela era louca por mim. Me mandava mensagem de bom dia, depois me lembrava de amarrar os cadarços que eu sempre esquecia, colocava sempre na minha agenda os horários do meu dentista e sabe como eu retribuía? Vinha aqui zoar com meus amigos e ficar com umas que passassem de cabelo pro lado e roupa colada, assim, como ela tá hoje. Ela cuidava de mim todo fim da noite, mesmo que eu passasse o dia inteiro ignorando ela… Ela ainda ia lá, dizer que os anjos dela iam cuidar de mim. Era a garota mais grudenta, ciumenta, complicada e estranha que eu já tinha conhecido. Eu gostava mesmo era dessas aí, de ficar uma noite e me darem o telefone errado. Aí eu terminei com ela. Falei que ela era trouxa e burra por acreditar em mim. Dois dias depois, eu vi uma foto dela e chorei. Três dias depois, eu liguei pro celular dela e ela não atendeu. Quatro dias depois, eu fui na casa dela e ela disse que tava ocupada pra falar comigo. Cinco dias depois, eu não tive vontade de sair. No sexto, sétimo e no resto dos meses eu sentia falta dela todos os dias. Até que me puxaram pra uma balada, a mesma que eu ia pra ficar com essas meninas que não querem saber de mais nada a não ser delas mesmas e a encontrei aqui. Linda. Os olhos delas brilhavam. Eu fui falar com ela e ela ficou comigo. Achei que, dessa vez, eu podia tê-la nas mãos de novo, mas dessa vez, pra valorizá-la. Pedi seu número do celular novo e ela me deu. Liguei no dia seguinte e a moça da padaria atendeu: Número errado. Chorei. De saudade. Arrependimento. Receio. E de saber que a garota que eu ria, se tornou na garota que ria de mim. Pior, a garota que era minha, agora tinha um tanto de caras querendo ser dela e ela querendo aproveitar o tempo que perdeu. Eu fiz a garota dos meus sonhos ser o sonho de todos os garotos por aí. Eu a perdi. E sabe o que ela me falou no começo da festa? Que ela não era trouxa e nem burra de acreditar no amor que eu dizia sentir por ela. E sabe o que dói? Vê-la dançando, rindo e não se preocupou em nenhum momento em olhar pra cá, me ver babando por ela e chorando por nunca ter percebido o quanto ela era importante pra mim, antes.
Por isso valorize a quem te ama e jamais brinque com os sentimentos de uma mulher."

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Friends


Monica: Você nunca teve medo? Não te deixa desesperado saber que nunca mais ficará com alguém diferente?
Chandler: O quê?
Monica: Eu te amo tanto. Às vezes, me incomoda que nunca mais terei este sentimento. Quando você conhece alguém pela primeira vez... e é novo e excitante. Sabe aquela empolgação? Você é homem. Não te deixa desesperado que não dormirá com ninguém diferente?
Chandler: Para mim, a agitação é saber que ficaremos juntos para o resto de nossa vida.




S07E18